Tema foi debatido no 3º seminário de Inovação em SST do Sesi

 

Casa cheia e representantes de diversas empresas do Espírito Santo, além de especialistas de outros estados. Tudo para discutir as práticas mais modernas de gestão em Segurança e Saúde do Trabalho. Esse foi o cenário do 3º Seminário Sesi de Inovação em SST, que aconteceu na última semana, no auditório da Findes.

Com uma programação dinâmica e recheada de informações relevantes, o evento recebeu palestrantes da ArcelorMittal, Grupo D’Or São Luiz e departamento nacional do Sesi. Além de homenagear e reconhecer empresas parceiras na implantação de inovação na área de SST.

Júlio Zorzal, diretor de Saúde e Segurança na Indústria (SSI), falou sobre a atuação do Sesi e da Findes para a redução de ocorrências e acidentes de trabalho. “A Findes, junto com o Sesi e os demais parceiros, trabalha para buscar a redução da incidência da incapacidade temporária, dos afastamentos. Mas, para mudar o cenário a ponto de reduzir esses números, precisamos focar fortemente na mudança de cultura para redução de riscos ambientais.

Por isso buscamos ações que possam impactar nessa redução. Hoje o Sesi atende 3 mil empresas de um universo de 12 mil empresas industriais. Então, nós buscamos ações de parcerias com instituições e empresas, para alcançar a sociedade capixaba”, explicou.

Reconhecimento

E foi justamente para reconhecer as empresas parceiras do departamento de inovação do Sesi e do Senai na aplicação e no desenvolvimento de soluções para a segurança e a saúde de trabalhadores que o Sesi entregou uma placa de homenagem aos representantes das empresas Arcelormittal Tubarão, Bramagran, Cajugram, Colodetti, Estrela Vidros, Fibravit, Lhoist, Magban, Placas do Brasil, Caree, Proteinorte e Vale.

Outras empresas que receberam a placa de homenagem foram as pioneiras na contratação do programa Safety +, solução inédita do Sesi que alia SST e aumento da produtividade por meio da metodologia Lean Safety. Assim, as empresas que aderem ao programa conseguem elevação na produtividade e eliminação dos desperdícios enquanto aumentam a segurança e promovem a saúde de seus colaboradores.

Quem recebeu as placas de homenagem foram os representantes de empresas do setor de panificação que aderiram ao Safety+: Ledut, Lekker, Monte Líbano, Monza e Viloni.

Palestras

Para finalizar o encontro, Edward Koehler e Lincoln Possada de Resende, representantes da ArcelorMittal Tubarão no encontro, falaram sobre Predição de Ocorrências de Acidente do Trabalho com Foco na Gestão Preventiva de SSO e Inovação em Indústria de Grande Porte, contando a experiência da empresa no assunto. Já o médico Welmer Moraes Ramos Carneiro, representante do grupo D’Or São Luiz, falou sobre Saúde Ocupacional: Além do Regulatório, uma Estratégia para Produtividade do Negócio da Empresa.

 

Por Elaine Maximiniano.

Imprimir