Medidas prometem solucionar gargalos que entravam o desenvolvimento local

As diretorias regionais da Findes nas regiões noroeste e norte do Estado receberam na última semana a proposta do Conselho de Desenvolvimento Regional (Conder) de 10 medidas para desburocratizar procedimentos da administração municipal, em particular os licenciamentos ambientais. A Federação das Indústrias defende atualização da legislação para atração de novos investimentos e manutenção das empresas já existentes na região.

“Durante toda a semana, reunimos prefeitos, vereadores e secretários municipais para apresentar a proposta de melhorar o ambiente de negócios, principalmente na questão ambiental.  Estamos propondo eliminar a exigência de planos de controle ambiental e padronizar as condicionantes de cada atividade. Com a adesão, os municípios terão indicadores que visam a medir a agilidade no processo”, defendeu o 1° vice-presidente da Findes e presidente do Conder, José Carlos Zanotelli, nos encontros realizados em Colatina, São Mateus, Nova Venécia e Barra de São Francisco.

A vice-presidente institucional da Findes em Colatina e região, Valkineria Cristiana Meirelles Bussular, destacou a importância da pauta, que vem sendo discutida em âmbito estadual. “O licenciamento ambiental é o maior gargalo que enfrentamos atualmente. As indústrias chegam a desistir de se instalar em nossa região devido à morosidade do processo. O programa e a assessoria oferecidos pela Findes aos municípios nos dão ânimo e estimulam os prefeitos e câmaras municipais a aderirem à proposta”, frisou.

O prefeito de Conceição da Barra, Francisco Bernhard Vervloet (Chicão), que esteve na reunião da Diretoria Regional em São Mateus, elogiou as dez medidas e enalteceu a Findes pela iniciativa. “Uma oportunidade única para as prefeituras do Estado, já que a política de licenciamento ambiental está sendo implantada nos municípios. Com a força da Findes e com a assessoria ambiental que ela nos oferece por meio das dez medidas, já acredito que iremos avançar muito”.

Em Nova Venécia, o presidente da Câmara Municipal, Antonio Emílio, abraçou a causa e defendeu o cumprimento da lei por parte dos empresários. “O código ambiental precisa de atualização, mas é necessário que isso seja feito sempre com muita responsabilidade, para que o meio ambiente seja respeitado, garantindo assim que a iniciativa privada tenha suporte para fazer seus investimentos, movimente a economia do país, permanecendo também, no entanto, a preocupação ambiental como uma de suas prioridades”, destacou o vereador.

O prefeito de Barra de São Francisco, Alencar Marim, se comprometeu a aderir ao programa proposto pela Findes e relatou que a falta de estrutura da prefeitura  prejudica muito o andamento dos projetos empresariais na cidade. “O que nos foi apresentado nesta reunião soa como música para os nossos ouvidos. É por esse apoio que clamamos. Precisamos da parceria com a iniciativa privada para destravar a burocracia. O projeto é claro e objetivo. Com nossa estrutura municipal e com a legislação atual não conseguimos destravar, mas com as condicionantes elaboradas pela Findes, isso nos permitirá ir a campo fiscalizar”, afirmou o chefe do Executivo municipal. 

 

Findes implanta Regional em Barra de São Francisco

A Diretoria Regional da Findes em Barra de São Francisco e região é composta por seis municípios: Águia Branca, Água Doce do Norte, Alto Rio Novo, Barra de São Francisco, Ecoporanga e Mantenópolis. Abrange uma população de cerca de 115 mil habitantes, segundo o IBGE, e a representatividade de sua indústria no Produto Interno Bruto (PIB) do Estado é de 23,8%.

Representando o presidente do Sistema Findes/Cindes, Leonardo de Castro, José Carlos Zanotelli, 1º vice-presidente da entidade, concedeu posse aos industriais da região, com os cargos de vice-presidente institucional a Fábio Laigner de Castro e vice-presidente institucional adjunto a Marcos Toledo.

“Nossa região estava precisando desta representatividade institucional e da força que o Sistema Findes promove em todo o Estado. Nos sentimos prestigiados e vamos trabalhar intensamente em prol do associativismo e do fortalecimento industrial em toda nossa região. Num período de crise que vivemos, a Findes será parceira para buscar alternativas na inovação e maior produtividade da nossa indústria e consequentemente de todo setor produtivo”, comemorou Fábio Laigner de Castro, industrial do setor de rochas ornamentais na região.

 

Por: Milan Salviato

Imprimir